Pesquisar neste blogue

sexta-feira, dezembro 23, 2016

Algoritmos para design de exploração de cenários e simulação de credibilidade



Em deambulações internetianas deparei-me com um site para disponibilizar um Toolkit que fornece uma interface flexível e extensível entre códigos de análise e métodos de análise de sistemas iterativos. Contém algoritmos para:
  • Otimização com métodos baseados em gradientes e não gradientes;
  • Quantificação da incerteza com amostragem, confiança, expansão estocástica e métodos epistémicos;
  • Estimativa de parâmetros com métodos não-lineares mínimos quadrados ; e Análises de sensibilidade/variância
Estas ferramentas podem ser usadas isoladamente ou como componentes inseridas em estratégias avançadas.

O site está diponível em https://dakota.sandia.gov/ e merece uma visita (para gosta da temática de previsibilidade de modelos)

Novamente sem vinho.....

E não consigo falar sobre vinho...dasssss

Este blog parece mais um repositório de "remakes" mas não consigo resistir a determinados temas. Este é um deles...Blade Runner. Já em 2015 tinha mencionado a sequela aqui mas agora há mais detalhes :))

Blade Runner 2049



segunda-feira, novembro 14, 2016

era para ser sobre vinho...mas.....

Pois...era para falar sobre vinho, mas não posso, não consigo!!!! deixar passar em claro a grande notícia dos últimos dias!!! Sim, até aqui vou falar disso.....



Pois. É mesmo! Em 2017 - Ghost in the Shell!!

Para quem, como eu, é fanático pela temática da Inteligência Artificial, esta é sem dúvida a notícia! Esta história vai muito mais além de Sci-Fi e Manga. É uma viagem ao mais negro da alma humana - a sua tendência para a autodestruição. Vai em busca da resposta sobre o que é realmente estar vivo, ser vivo e o que isso representa. Foi uma verdadeira revelação entrar neste "mundo virtual", uma representação 3D do livro em que Masamune Shirow se baseou para criar o filme - "The Ghost in the Machine" de Arthur Koestler - uma obra filosófica que descreve, na linha mais fiel à tradição Cartesiana, a relação mente-corpo. É muito interessante observar que toda esta temática advém de uma expressão originária de um livro de 1947 de Gilbert Ryle, que usou a expressão "ghost in the machine" para descrever o dualismo mente/corpo de René Descartes.


Há uma diferença de 28 anos entre o livro de Arthur Koestler e o primeiro filme de Ghost in the Shell, mas considero que a essência da obra escrita está completamente refletida na obra cinematográfica. A meu ver, a beleza deste filme (refiro-me ao original de 1995) está na forma como tornou atual um tema com 500 anos de história!

PS: Confesso que a banda sonora original do Ghost in the Shell é meio caminho andado para se ficar viciado - a versão de Wamdue Projet (King of my castle também está fdp!!!)

segunda-feira, novembro 07, 2016

Frase bonitas!

"(...)O milagre seria o crescimento económico. Por isso é assustador ver a política do Governo estar centrada em actividades não produtivas. Não se olha para as empresas nem para os trabalhadores. Olha-se para os funcionários e os pensionistas. O problema é a falta de capital. Devia facilitar-se, reduzindo regulamentos e criar condições para aumentar a confiança das empresas(...)"
in: "O colapso financeiro de Portugal, segundo João César das Neves"

Volta e meia lá volto ao tema de economia vs política. Ambas do mundo das ciências sociais mas com objetivos (nem sempre, confesso) diferentes. À data de hoje, considero que esta frase do João César da Neves, resume fielmente o que a classe política está a fazer na Europa - Olha para votos e não para a economia -. Aqui no burgo é mais fácil, é mesmo irresistível, a classe política trabalhar apenas para funcionários públicos e pensionistas, pois estes quase 1,5 Milhões de pessoas são o suficiente para fazer baloiçar eleições entre esquerda / direita. Andamos a reboque de ciclos políticos que só vêem as próximas eleições e onde o longo prazo não entra em consideração.
 

segunda-feira, outubro 31, 2016

Vistas!

Ora pois, trabalhar assim é outro luxo. Infelizmente não é todos os dias...mas bem gostava!!!
Para a malta que está fora, dá para tirar saudades do burgo. De realçar o pormenor artístico do nevoeiro a tapar o rio - maravilhas, é o que o vos digo...dá-me logo a sede para ir meter umas vinhaças na mesa! - A propósito de vinhos, o próximo post será totalmente dedicado a esse néctar.

segunda-feira, outubro 10, 2016

De volta

We're back!!

10 Meses depois, estamos de volta. Ou pelo menos, estou de volta...logo se vê se o outro ainda se lembra disto. A jeito de resumo, aqui está uma ligeira compilação dos eventos mais marcantes deste ano.

Confesso que usei este período para conseguir perceber o que realmente queria deste espaço (para além de mandar umas bocas ao outro tipo da tasca, claro está!), e a conclusão a que cheguei é simples:
  • Continuo a não fazer a mínima ideia!!
Assim toca de desenconar e lá limpei o pó e teias de aranha, coloquei os pipos em ordem e renovei o stock, pelo que volto à carga com impropérios, desabafos e curiosidades em geral e começo logo por este excelente, fantástico mesmo, resumo do percurso dum RFI até à assinatura de um contrato (se não sabem o que quer dizer RFI, RFP ou RocaralhoqueoFoda, é uma excelente oportunidade para adquirirem o tal conhecimento de palavra diária!!).
Para quem tem que lidar com estas merdas diariamente, vai concordar comigo e referir que isto é simplesmente genial!

Esta cena é mesmo assim...começa com malta a pedir a "Mónica Bellucci" (sim, que com 52 anos ainda é um canhão e dá tesão aos mortos), depois começam a ver "aahhh e tal...isso é que é...mas tá a ver...o macrocosmos da conjuntura atual não permite e tal e cenas e tenho muitas despesas e afinal, se calhar, não percebeu o que queria e etc e tal" - resumindo, desces a cena e afinal a "Mónica" passou a ser uma "Catarina F.". Apresentas esta nova opção e mesmo assim recebes um..."pois..tá a ver..tá melhor!! tá melhor!! mas mesmo assim...a conjuntura do blá blá blá!!! - finalizando, acabas com uma "Lili C." mas com os tipos a exigirem uma "Mónica".
(nomes puramente fictícios e que surgiram completamente do nada...nem me fizeram lembrar nada...foi totalmente aleatório).
Pesquisa personalizada