Pesquisar neste blogue

quinta-feira, janeiro 31, 2013

Devassa!!!

Não, não é uma indireta, é mesmo uma cerveja e só tenho bem a dizer dela!!


quarta-feira, janeiro 23, 2013

Disintegration

Ando positiva e claramente fascinado com isto:
 
Monarchy & Dita Von Teese -Disintegration from Roy Raz on Vimeo.


A combinação da música dos Monarchy, com a fantástica presença da Dita Von Teese criam uma envolvência fantástica, repleta de subjectividade, de explosões de sentimentos aliadas a variações rítmicas que transportam o espectador para um mundo surreal e ilógico, mas muito poderoso.

É uma experiência puramente pessoal, aconselho vivamente!!

segunda-feira, janeiro 14, 2013

Mc Máfia

Estou atualmente embrenhado neste fantástico livro que nos leva numa viagem pelo novo mundo do crime organizado internacional.

Deixo a apresentação pelo próprio autor/jornalista - Misha Glenny:


Assim que terminar a leitura, efetuarei o devido "bitaite", aqui na tasca! Não que seja relevante mas em todo o caso, sempre se dá algum tipo de nível literário aos bêbados do costume!

domingo, janeiro 06, 2013

Mais um :)

Cá se inicia mais um ano na tasca. Têm sido umas semanas bem puxadas, daí que o tasco tem estado um pouco aos papéis (e julgo que vai continuar, a avaliar pelo início de 2013).

Estava à espera que o Padre Ezequiel viesse cá dar umas postas mas ele anda mais ocupado a secar adegas alheias, mas também nem sei do que é que estava à espera.

Por via das minhas últimas viagens, fiquei mais próximo dum tema que fez correr muita tinta no início da década de 80 do século passado - The Faulkland Islands - que é como quem diz, as Ilhas Malvinas. Vi em primeira mão, o reconhecimento que os soldados Argentinos querem por parte das suas classes dirigentes e também vi o sentimento de posse que os habitantes da terra do fogo e da patagónia, têm relativamente a estas ilhas, mas apesar de tudo, elas continuam a ser território britânico. Para se entender melhor toda esta história aconselho a leitura e visualização deste fantástico artigo da CNN.

Após leitura atenta, ficarão a perceber os comos, porquês, quais e todos os aspetos relevantes desta questão e assim ficar mais esclarecidos sobre esta temática que continua ainda a dividir nações.
"Colonialismo ou direitos adquiridos?"

Julgo que a Presidente Kirschner veio reatar esta questão por motivos de política interna. Ela está a ser muito atacada internamente e nada melhor que puxar da cartada "nacionalista" e patriótica para tentar aliviar pressões (convém levar em conta que a Argentina viveu uma das ditaduras militares mais rígidas da América do Sul e apesar de ter passado muito tempo, ainda há resquícios dessa altura). Mas vou ficar atento, é sempre um barômetro importante.



Pesquisa personalizada